terça-feira, 25 de janeiro de 2011

[Músico da Vez] Kurt Cobain

Aberdeen, 20 de fevereiro de 1967 - Nasce Kurt Donald Cobain, filho de Wendy Elizabeth e Donald Leland Cobain. Até os oito anos de idade, o garoto levou o que se pode chamar de uma vida normal, até que seus pais decidiram desfazer sua união matrimonial - e acabaram traumatizando o filho. Enquanto pequeno, Kurt fora obrigado a viver entre as moradias do pai e da mãe, revezando entre um e outro. Na escola, Cobain não demonstrava dons para a socialização, o que gerou discussões e brigas.
Já em 1987 surgiu a tão conhecida (e por mim amada *_* ) banda Nirvana, formada pelo guitarrista e vocalista Kurt, o baixista Krist Novoselic e o baterista Dave Grohl. Dois anos depois, a banda começou a excursionar. O primeiro encontro do vocalista com Courtney Love (sua futura - MALDITA!!! Morro de inveja dela... - esposa) deu-se em Portland, no Oregon. 
Completados dois anos e meio do disco Bleach, surge o renomado Nevermind, cujas dez milhões de cópias vendidas trouxeram de brinde um Disco de Ouro. Os anos 90 de Kurt Cobain foram marcados pelo início do uso de heroína. Em sua última carta, Kurt relata não sentir sequer um pouco de emoção quando em shows, sua vontade era de ser apenas guitarrista, e se o pudesse fazer, o faria ao fundo dos palcos. 
Em fevereiro de 1992, Kurt casa-se com Courtney Love no Havaí; já grávida na ocasião, Love dá a luz à Frances Bean Cobain em 18 de agosto do mesmo ano. A esposa do rapaz foi acusada de, acidentalmente, ter utilizado drogas no início da gravidez - quando ela ainda não sabia que carregava a filha consigo. Com duas semanas de vida, Frances teve sua guarda transferida para Jamie, a irmã de Courtney. Meses depois a filha pode voltar para os pais.
O músico apelou para o suicídio por diversas vezes, chegando a trancar-se em um quarto com uma arma; felizmente, até essa momento, suas tentativas foram falhas. Em 1994 sua mulher tentou submetê-lo a um programa de desintoxicação, e ele revoltou-se. Tempos depois, ele concordou com a situação e chegou ao Centro de Recuperação Exodus, Los Angeles, em 30 de março. Um dia após sua chegada, Kurt pulou um muro, de aproximadamente seis metros de altura, para livras-se da tentativa de recuperação. Chegou de táxi em um aeroporto e pegou um avião até Seattle. No vôo, Kurt sentou-se ao lado de Duff McKagan - Guns N' Roses -; mesmo com as "turbulências" vividas entre as bandas, Kurt parecia contente em ver o músico. Segundo Duff, havia algo errado ali.
No dia três de abril, a esposa de Kurt contratara um detetive para localizar seu marido. No dia seguinte, Kurt não fora visto por ninguém. Seu corpo foi encontrado a oito de abril, em sua casa; havia uma grande dose de heroína em seu corpo, assim como vestígios de Valium. Há estimativas de que o vocalista estivesse morto desde o dia cinco, aproximadamente.
Ao lado de seu corpo, uma carta foi encontrada, com a letra descuidada e direcionada a Boddah - o amigo imaginário da infância de Kurt -. Do outro lado, havia uma espingarda. Na carta, Cobain diz não ter mais o prazer de tocar e cantar; para sua esposa, ficou o pedido de que ela fosse forte, pela filha deles. Kurt declara amar Courtney, e que sentia muito deixar para trás aqueles que o amavam; porém justifica-se dizendo que ele mesmo não mais se amava. Diz ainda que aos sete anos de idade, passou a odiar a humanidade, em geral, principalmente por amar demais as pessoas.
Ainda em sua "carta de despedida", o músico enfatizara que ele não mais conseguia disfarçar seu tédio durante os shows, e que não achava que seus fãs merecessem isso. Termino com um trecho traduzido da carta:  "Cresci de um modo muito isolado. Tornei-me anti-social. Comecei a compreender a realidade do universo em que vivia, que tinha muito pouco para me oferecer. Aberdeen era uma cidade demasiado pequena onde não encontrava amigos de quem gostasse, que fossem compatíveis comigo ou que gostassem do que eu gostava."

OBS: Para fazer essa edição do Músico da Vez eu tive a ajuda da minha amiga Vanessa. Obrigada querida! Aos que têm twitter, sigam-na! @vanessafjacob *_* Beijos





Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

4 comentários:

Mireliinha disse...

Sou gamada no Kurt :D~~
ai ai *-*

Kate disse...

Eu adorava ele... e odiava a idiota da mulher dele...

http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

luciane_rangel disse...

Acho que ninguém gosta da mulher dele rs

É uma pena a forma com que ele deu fim a própria vida =(

Ótimo post, Ni! ^^

Bjos!

disse...

Guria... não sabia de metade da história dele, mas sempre fui muito fã do Nirvana! O Kurt faz muita falta!!!

Uma pena ele ter resolvido nos abandonar tão cedo =\

Amei o post, Ni-maninha!!

Beijos =**



Guria que Lê

Return to top of page
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML